Estes dias tenho lido e meditado muito sobre o último livro do Antigo Testamento, o livro do profeta Malaquias. É um livro muito conhecido no meio evangélico, principalmente por parte de pastores que veêm em seus congregados verdadeiros cofres ambulantes, ou por parte daqueles que acham que Deus não passa de um barganhador. Sim, me refiro ao tão famoso “Malaquias 3:10“!

Malaquias foi o profeta responsável por trazer uma mensagem de arrependimento, de retorno para Deus anunciando assim, e com isso preparando o povo para a vinda do Messias. Ele fala principalmente acerca do afastamento e rebeldia por parte dos sacerdotes, então representantes de Deus na Terra. O livro apesar de pequeno, são apenas 4 capítulos, é rico em mensagens e exortações e pretendo trazer aqui, além de um breve estudo sobre os aspectos do mesmo, algumas mensagens que Deus tem colocado no meu coração.

No decorrer destes dias você vai encontrar aqui estas mensagens. Aguardo seu retorno e oro para que Deus nos conceda mensagens profundas, vindas da parte d’Ele. Até lá!

Anúncios

Estive analisando nos últimos dias as estatísticas de visitação deste blog (que graças a Deus cresce a cada dia!) e notei algo interessante: grande parte, talvez 75% dos visitantes têm chegado até o blog através de buscas pelo termo “nova imagem de Jesus” que, em nosso caso, conduz ao post entitulado “Nova imagem de Jesus Crucificado irrita a igreja” – leia aqui. Com isso penso que  é grande o número de pessoas atrás de uma “imagem” de Jesus Cristo. Mas daí fico a me perguntar: Que imagem é esta?

Seria uma imagem real, uma foto, uma pintura, uma concepção artística ou o quê, de Jesus? Qual o interesse em uma imagem de Deus na forma de homem? Qual a diferença entre ver uma imagem do Senhor Jesus ou não? Quantos Tomé’s temos nos dias de hoje, que precisam ver para crer?

(mais…)