A mensagem abaixo eu recebi em meados de 2007, num momento em que estava enfrentando alguns problemas pessoais. Esta mensagem veio a mim no momento certo, na hora em que eu buscava muito uma resposta da parte de Deus acerca do que eu estava passando e Deus falou comigo através deste pequeno texto que compartilho com você.

A minha oração é que, assim como eu ouvi a suave voz de Deus ao ler esta mensagem, que Ele fale com você também.

Quase todos os homens afirmam que crêem em Deus. Porém, há uma sensível diferença entre crer e confiar. Crer, teoricamente, é simplesmente considerar como verdadeiro, acreditar, considerar possível, desejar. Porém, confiar é ter fé, é esperar, é ter confiança, é entregar algo aos cuidados de alguém. Ore neste dia para que a sua confiança no Senhor seja aumentada.

Creia em Deus. A crença é um fator subjetivo existente em cada um de nós. Quando alguém afirma crer em Deus, está fazendo uso de uma decisão pessoal. Exercite a sua confiança nAquele que tem todo o poder no Céu e na Terra (Mateus 28:18). Confiar é simplesmente ter fé. É entregar a nossa vida a Cristo e deixar que o Espírito Santo semeie uma nova esperança dentro de nós.

Reforce a sua fé em Cristo através da oração. Deixe que o seu caminho seja iluminado pelo Pai das luzes (Tiago 1:17). Confie no Senhor, exteriorize a sua crença de que somente Ele poderá conceder-lhe a vitória. Se você crer e confiar em Deus e na sua Palavra, estará andando na luz, terá comunhão com os seus irmãos em Cristo, e o sangue de Jesus o purificará de todo o pecado (1 João 1:7).

O autor deste texto eu desconheço, mas me foi enviado pela Rádio Paz no Vale.

Anúncios

Ando meio entristecido com algumas coisas que vejo por aí. Pra ser sincero, muito entristecido. O respeito para com Deus acabou faz muito tempo (isso não é necessário dizer!) mas o que mais me incomoda é que até mesmo dentro das igrejas isso tem acontecido. J[a não se vê tanta reverência como antigamente (e olha que não sou tão velho assim).

Não quero aqui acusar ou julgar ninguém pois estes atributos pertencem ao diabo a a Deus, respectivamente. O que pretendo é apenas externar minha revolta e tristeza diante de tantos absurdos que andam acontecendo. É claro, sou homem e como tal estou sujeito aos mesmos erros.

Uma das coisas que mais me deixa indignado nos dias atuais é o fato de as pessoas – e eu digo isso me referindo a líderes religiosos – acharem que Deus é seu servo. Ou seja: Deus tem que me dar um carro/uma casa/uma esposa/um emprego/etc…  Ah, se Deus não fizer eu paro de ir à igreja(!). Meu Deus, quanta aberração!

Deus abençoa sim aos seus filhos e nisso Ele tem grande prazer. Entretanto existem princípios para isso, e princípios devem ser observados, seguidos.  Quer um exemplo bem prático? Vamos lá!

No capítulo 6 de Mateus, na primeira parte do versículo 33, Jesus conversando com seus discípulos os exortava exatamente sobre isto, dizendo: “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça…”. No contexto deste relato vemos que o Senhor estava os orientando a respeito das inquietações da vida. Certamente havia no meio deles alguém preocupado com as contas a pagar, com os problemas cotidianos. Coisa normal de qualquer ser humano, mas o ponto crucial desta mensagem é justamente isso: crer que ao se viver uma vida de comunhão com Deus, buscando sempre em primeiro lugar o reino de Deus e sua justiça, o próprio Deus se encarrega de cuidar de nossa vida. Quero dizer com isso que ao se buscar uma vida com Deus, devo cruzar os braços e esperar as coisas acontecerem?

De maneira alguma, seria loucura eu incentivar tal coisa ou qualquer pessoa se dispuser a fazê-la. O que o Senhor nos ensina aqui é que eu não preciso brigar com Deus para obter algo, fazer chantagem emocional, ameaçá-Lo ou seja lá o que for mas ao contrário, tão somente ter uma vida de comunhão com Deus. Note bem que o Senhor Jesus ao se referir ao reino de Deus de imediato afirma que juntamente com este devemos buscar também sua justiça.

Trocando em miudos: o reino de Deus beneficia a mim, a justiça de Deus, aos que estão ao meu redor. Não adianta eu ter um viver santo com Deus, beneficiando somente a mim mesmo, se tenho agido injustamente com meus irmãos, amigos, vizinhos…

Já ví e ouvi vários pregadores, das mais diversas denominações pregarem mensagens baseadas neste versículo. Uma mensagem mais bonita que a outra. As pessoas se emocionam, choram mas todos, eu disse TODOS, se atêm somente na última parte do versículo, onde diz que todas as coisas nos serão acrescentadas. Mas quais são aqueles que estão dispostos a terem uma vida de compromisso, pagando o preço de seguir a Deus fielmente e, sempre, em primeiro lugar, buscar a Deus sobre todas as coisas? É aí onde o sapato aperta.

Tá afim de ser abençoado? Cansado de se preocupar com as situações da vida e não ver uma solução? Quer de fato viver uma vida próspera e cheia de bençãos para contar? Pague o preço! Mas que preço?

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas”. Mateus 6:33

Ou prefere chantagear a Deus e correr o risco de, além de não conseguir a vitória, ficar de fora de Seu reino? Lembre-se: você sem Deus é nada, Deus sem você… continua sendo Deus!

Faça uma análise de sua vida, de seus atos e atitudes. Veja se o erro para tanto problema está em Deus ou em você mesmo.

Um grande abraço no amor d’Aquele que nos amor em primeiro lugar.

Essa é a impressão que tenho ao conversar com algumas pessoas, ler algumas revistas/jornais, caminhar pelas ruas. Hoje mesmo, pela manhã, ao vir trabalhar, ví escrito numa faixa:

“Agradeço a Jesus e a Santo Expedito pela graça alcançada.”

Tudo bem, cada um tem sua maneira de crer, mas seria colocar Deus numa posição de insuficiência ao creditar a outro (ou buscar de outro) o bem recebido/desejado. Isso sem contar nos inúmeros livros, revistas, artigos, etc, etc, etc que existem por aí ensinando como buscar de outros, que não Deus, alguma graça. Existem “santos” para tudo: casamento, saúde, emprego, aflitos, necessitados, desamparados, causas urgente e até mesmo protetores dos animais! E Deus, onde fica nisso tudo? Será que somente Ele não basta? Deus é incapaz de te ajudar, de resolver seu problema? Quem destes estavam com Ele no momento da criação?

Deus é zeloso para com Sua pessoa e deixou isso registrado em Sua Palavra:

“Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.” – Isaias 42:8

Será que de fato Deus não é tudo o que você precisa? Olha o que Ele mesmo fala a respeito de outros deuses:

“Lembrai-vos das coisas passadas desde a antiguidade; que eu sou Deus, e não há outro Deus, não há outro semelhante a mim.” – Isaias 46:9 e outros

Gosto muito desse versículo, pois ele refuta de uma vez todas as teorias de que existem outros deuses, a menos que você não considere a Bíblia com a Palavra genuína e verdadeira de Deus, revelada aos homens. Você só terá motivos para discordar dessa palavra caso não queira enxergar a verdade absoluta dos fatos.

Deus é Deus e pronto, não há outro igual. Não há outro! Pode você querer buscar em outras entidades, pessoas, santos ou seja lá o que for, mas só Deus é Deus. E ainda que você ache algo que sirva de deus para você, saiba que até mesmo este foi criado pelo Único.

De uma forma ou de outra, você no final se encontrará com Deus. Por que, então, não antecipar este encontro e entregar sua vida para Ele? Somente assim, sua lista enorme de “auxiliares de Deus” não mais existirá e você passará a depender somente de Um: o Senhor dos senhores!

Confie hoje mesmo sua vida à Deus, que entregou Seu único Filho, Jesus Cristo, para sofrer em seu lugar, pagando assim o preço por seus pecados, por sua vida.

Que o único e verdadeiro Deus te abençoe, em nome de Jesus Cristo!

Acabei de ler este pequeno texto na página de recados do perfil de minha esposa, no orkut. Desconheço a autoria (se alguém souber me avise para os devidos créditos). Essas poucas palavras refletem uma grande realidade: milagre não é para ser explicado, é para ser vivido!

Deus abençoe sua semana.

“Uma senhora muito pobre telefonou para um programa cristão de rádio pedindo ajuda. Um bruxo que ouvia o programa resolveu pregar-lhe uma peça. Conseguiu seu endereço, chamou seus secretários, ordenou que fizessem uma compra e levassem para mulher, com a seguinte orientação: Quando ela perguntar quem mandou, respondam que foi o diabo!

Ao chegarem à casa da senhora, a mulher os recebeu com alegria e foi logo guardando os alimentos. Os secretários do bruxo, conforme a orientação recebida, lhe perguntaram:

– A senhora não quer saber quem lhe enviou estas coisas?

A mulher, na simplicidade da fé, respondeu:

– Não, meu filho. Não é preciso. Quando Deus manda, até o diabo obedece!”

Todo ano é a mesma conversa: vou começar um curso novo, um novo emprego, um novo regime, nova vida enfim, tudo novo. Mas de fato, quantas são as pessoas que levam este “acordo de novo novo” após a primeira semana de janeiro?

(mais…)